1 de jun de 2011

Vai e vem

Sonhando. Vendo o tempo passar distante, sob fragmentos intocáveis de uma falsa sensação de controle. Nem tudo são estrelas, mas nem só de estrelas vive o céu. Há momentos de nuvens cinzas, brancas e avermelhadas. Outras vezes o céu se veste com um longo e infinito vestido azul esvoaçante e faz questão de se adornar com um sol imenso e amarelo. Outras vezes o céu chora. Fica com tanta raiva que simplesmente decide que vai destruir tudo e despeja toda a sua raiva, só porque quer e pronto. Contudo, logo depois, envergonhado, assume uma multi coloração tímida, de 7 cores belíssimas e pede desculpa, quase como se quisesse sorrir.

As vezes tudo que devemos fazer é nos camuflar, e por favor não confunda o que eu digo com se esconder. Ambos se distinguem entre proteção e covardia, duas palavras que em uma mesma frase, usadas para justificar alguma coisa, não passam de justificativas nulas. Tudo muda. A felicidade não tem cor, cheiro, muito menos toque padrão. Ela é o que é pra mim e pro mundo tudo o que é capaz de ser. E ela muda constantemente, porque tudo muda, o tempo inteiro. Vai e vem, sem pedir permissão.

8 comentários:

Sofia disse...

A felicidade é simplesmente um estado de espírito :)

Daniela Filipini disse...

Se pedisse permissão, que graça teria?

Lindo.

Gabriela Furtado disse...

Eiiitaaaa felicidade danada, né??
beeeijoos

leonnor algarvio ♥ disse...

adoro (:

Rebeca Postigo disse...

A maioria das coisas boas que acontecem conosco é sem aviso...
Lindo texto!!!

Bjs

falemos de moda e beleza disse...

amei (:
Criei um blog de moda e beleza, espero que gostes, sigas e que participes no giveaway quando alcançar os 100 seguidores. Se puderes divulga, vou-te seguir, beijinho :)
http://falemosdemodaebeleza.blogspot.com/

» ana almeiida disse...

adoro o blogue sigo

Viagem Sem Retorno disse...

Gostei imenso!
Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

 

Blog Template by YummyLolly.com